Hortelã para tosse, catarro… Xarope Caseiro de Hortelã limpa os pulmões. Veja a seguir:

As propriedades da hortelã são inúmeras. A hortelã é uma planta muito popular por estar presente em chicletes, balas, chás, e ser usada como tempero e na saúde tem várias utilidades.

Por ser expectorante, elimina a tosse e o catarro dos pulmões e outros problemas respiratórios. Seu aroma tem efeito benéfico sobre os pulmões.

Asmáticos devem preparar um forte chá de hortelã e inalar. Também devem beber o chá de hortelã, mas não tão forte quanto o usado para inalação. Quando se tem falta de ar, para facilitar a respiração instantaneamente, adicione quatro a cinco folhas de hortelã em um pouco de água quente e inale. O xarope caseiro de hortelã é excelente para tratar tosse, bronquite e expelir catarro. Pode setomar simplesmente tomam o chá, mas há também a inserção das folhas na água do banho, em banheira com água morna, apontado como excelente para aliar o estresse do cotidiano.

Aqui estão alguns de seus benefícios para a saúde:

  1. Melhora a digestão
  2. Trata síndrome do intestino irritável
  3. Trata asma e outros problemas respiratórios
  4. Diminui a pressão arterial
  5. Melhora a saúde bucal
  6. Alivia a dor
  7. Alivia náuseas
  8. Combate a depressão
  9. Melhora a memória
  10. Previne o câncer

Xarope de hortelã:

Ingredientes

  • Suco de 1 limão,
  • 1 colher de chá de casca de limão ralado,
  • 1 colher de chá de gengibre ralado
  • 3 dentes de alho ralado,
  • folhas de hortelã, e mel a gosto.

Modo de Preparo

Misture suco de 1 limão a casca também já ralada,juntamente com o gengibre e o alho acrescente o mel que é a gosto. as folhas do hortelã é o ultimo ingrediente.

Obs. quanto maior a quantidade de mel for mais fraco vai ficar, mais se você preferir mais forte ponha pouco mel.

coloque em um vidro com tampa., coloque na geladeira e tome uma colher de sopa 3x ao dia.

Veja também

Amendoim doce uma delícia!

Amendoim doce uma delícia!

Amendoim doce uma delícia! Para nunca mais falar que não sabe fazer. Agora sim, não …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *